A perseguição ao peso feito pelas companhias aéreas

November 04, 2017


O mundo da aviação tem sofrido tantas alterações que muitas nos fazem pensar seriamente sobre o assunto. Companhias aéreas que declaram falência, outras cancelam imensos voos, outras informam e ameaçam também o cancelamento de rotas, as condições das tarifas são cada vez mais restritivas, já é hábito reduzir o limite de peso das bagagens de mão e de porão e agora, a Finnair informa que vai começar a pesar os passageiros com a sua bagagem de mão no momento do check-in, segundo diz a revista Volta ao Mundo.

A Finnair, companhia aérea finlandesa, justifica esta medida com o intuito de "agilizar os custos operacionais quando se trata de abastecer os aviões". Isto vai criar polémica porque muitos passageiros não vão conseguir perceber a lógica que isto tem mas, na verdade, tem muita. O mundo da aviação é muito mais complexo do que se pensa. Só será pesado quem aceitar mas tenho a certeza que os colegas que estão no balcão do check-in vão ter de dispensar algum tempo aos passageiros mais intransigentes explicando que um avião não se mantém no ar só através da física e engenharia.

A somar à física e à engenharia necessárias, o avião também se mantém no ar através do peso e esse inclui os passageiros e as bagagens. Tem de estar tudo em conformidade, são números que não podem falhar porque isso pode trazer também problemas na segurança. Isto leva-nos à questão do combustível pois este não é só calculado mediante a rota, a duração do voo e a velocidade a que o avião irá. O combustível que é colocado no avião tem por base também o peso que o avião vai levar. É simples: mais peso = mais combustível. É aqui que aparece a história dos tais custos operacionais. Quanto mais combustível é colocado no avião, mais custos a companhia aérea terá e, como isto é um ciclo, aqui surge a contabilidade que irá analisar se o preço do bilhete que é cobrado por passageiro cobre esses custos e ainda traz lucro à empresa porque isto é como tudo na vida, não andamos a trabalhar para aquecer e se não houver lucro é natural que o preços dos bilhetes subam.

Ao ler a notícia acima não achei que fosse nada de outro mundo. Não é algo que será feito para sempre, pois a intenção é também actualizar dados pois as últimas estimativas foram feitas há oito anos e oito anos no mundo da aviação é demasiado tempo. No entanto, não duvido que muitas companhias aéreas adoptem a mesma medida e já quase que consigo ler os comentários das pessoas a dizer que isto é ridículo.  Aliás, enquanto preparava esta publicação, os comentários relativamente à notícia da Finnair começaram a surgir  deixo-vos aqui o link da publicação no facebook para os poderem ler.

You Might Also Like

7 comentários

  1. obrigada pelo comentário <3
    por acaso ainda não tinha visto nada sobre isso! vou ver a publicação deles :)

    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ReplyDelete
  2. Eu ia contrariar a tua opinião dizendo que eles podiam optar por uma média, mas depois quando terminei de ler o teu texto vi que faz todo o sentido. Se os dados não estão atualizados, convém realizar este procedimento de X em X tempo. Contudo, se causa transtorno para os clientes, as empresas têm que pensar noutra estratégia: hoje em dia com a oferta que é, é muito fácil trocar de companhia aérea. O bem-estar do cliente deve vir sempre em primeiro lugar, e estas empresas cada vez mais esquecem-se disso.

    ReplyDelete
  3. Ainda não tinha conhecimento disto, não deixo de achar um pouco ridículo, mas que tem a sua lógica tem e lá nisso tenho que concordar.

    ReplyDelete
  4. por um lado faz sentido. Quando se calcula o peso que o avião leva, faz-se 70kg por pessoa + o peso máximo permitido de bagagem e ainda leva um factor de segurança de 5, acho eu. A maior parte das pessoas hoje só voa com a bagagem de mão e pouco mais, por isso ya... concordo. Se me fizerem desconto no bilhete por eu só pesar 50kg! XD


    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ReplyDelete
  5. Ainda não tinha conhecimento desta medida! Realmente até faz alguma sentido! O mais importante é que exista a segurança devida, mas é dificil fazer as pessoas entenderem estas medidas!
    Beijinho, Ana Rita*
    BLOG: https://hannamargherita.blogspot.com/ || INSTAGRAM: @rititipi || FACEBOOK: https://www.facebook.com/margheritablog/

    ReplyDelete
  6. Bem, acho que até faz sentido. Euzinha só costumo levar a mala de mão, quer vá para a Sibéria ou para o Egipto, é uma coisa minha, talvez as pessoas também se habituem a viajar com pouca bagagem, afinal férias são para descontrair :)

    https://finddyourway.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  7. Eu nunca viajei de avião (e não devo viajar nos próximos tempos) mas esta medida tem o seu sentido!

    ReplyDelete

Booking.com