Cruzeiro pelo nosso Douro Vinhateiro

October 11, 2017


Em Setembro do ano passado, ofereci um cruzeiro no Douro à minha mãe como presente do seu 50º aniversário. Era algo que ela queria fazer há muito tempo e achei que seria um bonito presente de filha para mãe.

Escolhi o cruzeiro Régua-Barca d'Alva-Régua pois tinham-me dito que é dos cruzeiros mais bonitos de fazer porque é aqui que conseguem ver o verdadeiro Douro Vinhateiro e toda uma natureza estonteante. Não me enganaram.

O cruzeiro tem início no Cais da Régua bem cedinho mas não se preocupem que é servido um pequeno-almoço a bordo pouco tempo depois de o cruzeiro iniciar a sua viagem. Conforme nos vamos afastando da cidade, a paisagem torna-se cada vez mais bela.

Esta viagem foi feita a 21 de Setembro de 2016 e as vindimas já tinham sido realizadas mas de vez em quando ainda víamos ao longe uma ou outra pessoa a escolher os melhores cachos. Entre os socalcos, mas com pouca frequência, podíamos ver os letreiros das caves Ferreira, Sandeman, entre outras.

Como o cruzeiro é de dia inteiro também tivemos direito a um almoço por volta das 13h e a um lanche por volta das 16h30. O almoço estava saboroso, uma bela de uma carne assada com batata assada e arroz. Do meu lado direito ia uma senhora canadiana e à frente dela ia uma amiga dela portuguesa mas falavam entre elas em inglês. Ambas já tinham feito quatro cruzeiros no Douro, todos eles diferentes e um deles foi um cruzeiro de sete noites da Douro Azul que digo-vos, tive a oportunidade de me cruzar com um e consegui dar uma espreitadela aos quartos que tinham as cortinas puxadas para o lado e, sim senhor, haja luxo!

Subimos três barragens e é das coisas mais engraçadas que fiz porque se havia coisa que me fazia um bocado de confusão era isto. Como é que se sobe a barragem de barco? Afinal é uma coisa tão simples mas tão gira de se fazer. A minha mãe adorou pois também era algo que ela tinha curiosidade em perceber como se fazia. Só sabia dizer "olha filha, já viste? Que engraçado. Ai, que eu nunca pensei que fosse assim. Tão giro!".

O nosso destino final foi Barca d'Alva mesmo já no limite com a fronteira espanhola. Uma pequena aldeia  com um café apenas que vive dos turistas que ali chegam de barco. Aqui o cruzeiro pára dez a quinze minutos para as pessoas saírem do barco e poderem conhecer a aldeia. Para voltarmos à Régua, o cruzeiro volta para trás levando-nos ao Pocinho. No cais há um autocarro que nos espera e nos deixa na estação de comboios.

Ficámos meia hora à espera do comboio, o que deu tempo para poder dar uma volta ali perto. Casas e armazéns abandonados, ninguém passava por ali. Naquela meia-hora só se viam as pessoas que tinham feito o cruzeiro connosco. O cafézinho da estação agradeceu. 

A viagem de comboio do Pocinho à Régua é fantástica. Infelizmente a noite começa a cair cedo, mas ainda fizemos grande parte do trajecto ao pôr-do-sol e é lindo vê-lo desta forma, com o Rio Douro ao nosso lado.

Aconselho vivamente a todos a fazerem um cruzeiro no Douro. Seja a dois ou em família é um programa digno de um fim de-semana bem passado.

 










Informações do cruzeiro
Empresa: Rota do Douro
Preço desta rota: 94€ durante a semana e 104€ ao fim-de-semana
Rota:
07h45 Embarque no Cais da Régua 
            Início do Cruzeiro com destino a Barca D’Alva
            Pequeno – almoço servido a bordo 
            Subida da Barragem de Bagaúste (desnível 27 metros) 
            Subida da Barragem da Valeira (desnível 32 metros) 
            Porto de Honra e almoço servido a bordo 
            Subida da Barragem do Pocinho (desnível 20 metros)
            Lanche servido a bordo 
            Chegada a Barca D’Alva 
            Viagem com destino à Régua de comboio
20h30 Chegada à Régua 
            Fim dos serviços da Rota do Douro

You Might Also Like

4 comentários

  1. Adorava conhecer o Douro :)

    ReplyDelete
  2. A minha mãe adorava fazer um desses cruzeiros! Parece ser fantástico.
    Quando puder será a minha prenda para ela.

    ReplyDelete
  3. Deve ser lindo ao vivo! Só pelas fotos só dá vontade de ir visitar! O nosso país é realmente muito bonito. Claro que sim minha querida, gostaria imenso :)
    Beijinho, Ana Rita*

    ReplyDelete
  4. As paisagens do Douro são tão bonitas! A minha mãe adorava fazer um cruzeiro assim, e eu também :).
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ReplyDelete