bordéus || uma óptima surpresa


A minha viagem a Bordéus não está na lista daquelas viagens que eu dizia e digo "vou, porque quero conhecer". Bordéus foi a cidade escolhida para poder assistir ao concerto do meu cantor preferido - M. Pokora (francês). Assim que soube a calendário da tour dele até ao mês de Junho, olhei para as datas, comprei os bilhetes de avião e do concerto. Tudo isto com um ano de antecedência. Arrisquei, porque um ano é muito tempo e eu estou um pouco embruxada quanto às viagens que faço, mas felizmente correu tudo bem.

Cheguei a Bordéus (centro da cidade) por volta das 13h do dia 11 de Março. O concerto era às 20:30 e por isso tinha algum tempo para passear. Admiro a maneira com que me desenrasco assim que aterro numa cidade estrangeira. Em Bordéus não foi diferente.

Assim que cheguei ao aeroporto, comprei o bilhete de autocarro para o centro da cidade. Uma viagem de 1h30 custou 1.50€ - nunca um bilhete de autocarro foi tão barato! Chegada à estação em Bordéus, apanhei wi-fi e vi a melhor maneira de chegar ao hotel. Fui de tram e facilmente lá cheguei. Do primeiro contacto que tive, gostei imenso. A cidade estava a impressionar-me e assim que pousei a mala no quarto e segui caminho para conhecer o máximo que conseguia, fiquei encantada.

A cidade de Bordéus é pequena, limpa e bem organizada. O sistema de transportes públicos (aspecto muito importante para quem viaja de forma low-cost) merece uma bela salva de palmas, porque está mesmo muito bem organizada e cheguei aos pontos principais bastante rápido e sem grandes complicações.

Como cheguei a um Sábado, as ruas estavam repletas de pessoas numa azáfama incrível, nos espaços verdes bem tratados estavam toalhas estendidas no chão e as pessoas com as camisolas para cima a apanhar sol, crianças a andar de skate e a jogar à bola, esplanadas (caríssimas) cheias de gente e ainda tive a sorte de haver uma festa na Place des Quinconces onde comi uma waffle detestável (que coisa mais recessa) e por ali fiquei sentada nas escadas do Monument aux Girondins a apreciar a felicidade e a diversão daquelas pessoas nos carrosséis a montanhas russas.

O tempo escasseava e quando dei conta estava na hora de regressar ao hotel, tomar um banho, comer alguma coisa e ir ao concerto pelo qual tanto ansiava. A noite acabou comigo em lágrimas de felicidade.

2 comentários :

Tim disse...

Estou cheia de inveja. Ainda por cima foi na tornee My Way xD e fotos?

Ella disse...

Bordéus parece ser uma cidade incrível! Nunca tive curiosidade de por lá passar mas quem sabe numa próxima dê para lá dar um saltinho!