condado de clare || cliffs of moher & o'brien tower


Foi nos Cliffs of Moher que testei o meu peso. Quando marquei a viagem a Dublin uma das minhas paragens obrigatórias era Cliffs of Moher e não poderia ter gostado mais. São oito quilómetros e o ponto mais alto mede 214 metro de altura graça à Torre de O'Brien. Num dia com céu limpo é possível ver as ilhas de Aran e as colinas de Connemara. Infelizmente apanhei um dia cinzento (como praticamente todos os dias) e não se via nada.

Ao longo dos Cliffs há um caminho devidamente seguro para podermos ir a várias pontos e ter várias perspectivas. Foi a meio desse trajecto que quase tinha a sensação de voar. Havia uma zona onde havia enorme corrente de ar que tornava bastante difícil a tarefa de caminhar e ter os olhos abertos. Mas eu e mitos outros turistas, lá conseguimos avançar. Depois tivemos de encarar a fera outra vez no regresso. O meu cabelo saiu de lá todo eriçado, pastoso mas muito mais encaracolado.

Quando cheguei à Torre de O'Brien, havia outro espaço onde qualquer pessoa que se metesse lá voava se não fizesse força para se segurar. Acreditem que é uma sensação brutal mas é no cimo da Torre - pagam 2€ para entrarem - subirem meia dúzia de escadas, e terem uma sensação de vento por todo o lado, cabelos por todo o lado e ouvidos a doer.

Tenho fotografias maravilhosas e tenho alguns vídeos que mostram bem a força do vento. Lembro-me de ter partilhado um no instagram, aqui. Uma experiência estupenda.

3 comentários :

Joana disse...

Estou a gostar do blog! Sou um bocadinho apaixonada pela Irlanda e apesar de já ter visitado Dublin e de ter passeado um pouco pelo campo, ainda não tive oportunidade de visitar "a sério". Estes posts estão a abrir-me o "apetite" :)

Maria disse...

que sitio giro :)

Ricardo Francisco disse...

Que paisagem lindíssima! Por muito que gostasse de fazer o percurso, duvido que tivesse coragem. Sítios assim altos e estreitos deixam-me um bocado assustado haha. Ainda bem que te divertiste :)

Ricardo, The Ghostly Walker.