cork || a cidade


Cork é a segunda maior cidade da Irlanda e tem tudo a ver comigo. Avenidas e ruas repletas de gente, carros num trânsito infernal, corajosos de bicicleta, artistas de ruas. Tudo aquilo que me faz vibrar.

Um local obrigatório é a Igreja de St. Anne, símbolo da cidade. A Igreja é linda e tem um aspecto bastante interessante que é, na verdade, o que cativa mais os turistas: a possibilidade de tocarmos os sinos da igreja.

À entrada e mediante pagamento - dois euros - é nos dados uns auscultadores com enorme protecção em que deixamos de ouvir para colocarmos a partir do segundo andar da torre da igreja. O primeiro andar é onde estão as cordas que fazem os sinos tocar. Ao lado temos um livro com várias músicas e instruções de como tocar aquela que queremos. Eu toquei uma mas já não me recordo qual foi.

Quando passamos para o segundo andar, está toda a construção dos sinos e aí é que sentimos as vibrações de quem está no andar de baixo a puxar por eles. Acreditem, subir aquele andar é difícil porque é super baixo, as escadas são pequenas madeiras e se alguém estiver a descer temos de esperar porque não passa mais do que uma pessoa de cada vez. 

O terceiro andar é uma varanda que dá a volta à torre e da qual nós temos uma vista panorâmica da cidade que é maravilhosa. Gosto do facto de os únicos edifícios que sobressaem são as igrejas de Cork.

2 comentários :

Rui Quinta disse...

Que bem que parece :)

Rui Quinta, Rui de Viagem

Sys Arancia disse...

Ai adoro as fotografias parece um cidade tão bonita!
kiss a cheek