paris || a chegada a paris e a subida à torre eiffel


Paris é a cidade do amor e por essa razão quando eu disse que ia a Paris com o meu irmão o pessoal torceu o nariz. "Com o teu irmão?", perguntavam amigos e familiares. Esta viagem aconteceu em Outubro de 2016, mas era para ter sido em Dezembro de 2015 em que eu e o meu irmão íamos a Paris para conhecer a cidade e assistir a um concerto. Azar dos azares, ficámos os dois doentes e não fomos. Entre activar seguro de viagem, contactar com hotel e com a companhia área, lá consegui reaver praticamente tudo e mais um voucher no valor total do bilhete de avião para utilizar no prazo de um ano (até poderia dizer qual é a companhia área mas acredito que depois há almas invejosas que vão dizem que não acontece a mais ninguém e estamos a falar de uma low-cost).

Descontente com o sucedido em Dezembro 2015, era certinho que eu o meu irmão iríamos a Paris em 2016. Marquei a data e depois foi apenas torcer para que nada de mal nos acontecesse outra vez. Felizmente, correu tudo bem! Foi uma viagem curta, de 1 a 3 de Outubro, mas foi muito bem aproveitada.

bordéus || o concerto m. pokora


A principal razão da minha ida a Bordéus não foi o interesse em conhecer a cidade. Na verdade, eu escolhi a cidade de Bordéus para assistir, finalmente, a um concerto do meu cantor preferido - M. Pokora. Nascido em Estrasburgo, faz parte da minha vida há dez anos. Eu pareço uma belieber mas em versão francesa e com mais moderação.

viseu || jardins efémeros



Jardins Efémeros é um evento anual que tem como objectivo trazer a Viseu algo considerado diferente e futurista tendo em conta outros registos que ocorrem pelo resto do país.

De 7 a 16 de Julho, Viseu irá ter animação, exposições e actividades todos os dias trazendo mais valor e vida ao centro histórico da cidade, considerando a Sé Catedral, Praça D. Duarte, Rua Direita, Mercado 2 de Maio, Igreja da Misericórdia, jardins, museus e outros edifícios públicos como espaços principais.

Com os Jardins Efémeros, Viseu torna-se o centro das "Artes Visuais, Arquitectura, Cinema, Som, Dança, Teatro, Pólis, Mercados e Oficina". É um evento gratuito e por isso, aqueles que se desculpam sempre com "não vou porque é pago" não têm razões para faltar.

Eu vivo mesmo ao lado da Sé Catedral e não tenho desculpa para não estar presente nos Jardins. Ninguém tem, na verdade. Gosto especialmente de assistir aos concertos ao ar livre. Os Jardins Efémeros trazem a Viseu géneros musicais totalmente diferentes do que costumo/costumamos ouvir e quando dou por mim estou mesmo a absorver tudo o que os meus ouvidos ouvem.

E tu, que não tinhas planos, vem a Viseu!
Encontramos-nos cá.

blogs portugal


O Meraki já faz parte da plataforma Blogs Portugal!

Com o Blogs Portugal podes ter acesso a muitos outros blogues que, falo por mim, de outra forma não conseguiria descobri-los, seguir e ser seguida, participar em passatempos e campanhas e até solicitar parcerias.

O Blogs Portugal também te ajuda a monetizar o teu blogue se procuras receber algum dinheiro. Esta ferramenta é sempre boa para aqueles que procuram ganhar algum dinheiro extra, mesmo que pouco.

Enviei a minha inscrição para o Blogs Portugal no dia 3 de Julho e estou na posição geral nº 2255 e, quanto à categoria viagens que é onde estou inserida, estou no 67º lugar.

Então e vocês, também fazem parte desta plataforma, ou continuam a preferir outras?

bordéus || quai des marques



Mesmo com a chuva decidi fazer parte da população e caminhar pela margem do rio fora. Desde a Cité du Vin até à Quai des Marques são cerca de 400 metros. Da Quai des Marques até à Pont de Pierre são quase 6 quilómetros. Mas atenção a Quai des Marques não tem esse comprimento todo, eu diria que tem cerca de 1 quilómetro.

para ti, cátia, para voltares a ler aos 30 anos


Querida Cátia,

Escrevo-te esta carta para a leres de novo quando festejares o teu trigésimo aniversário. Entretanto, hoje celebras-te 26 anos e eu espero que tenhas tido um dia cheio de coisas boas. Sei como gostas de fazer anos e gostas de partilhar isso com a tua família e os teus amigos.

És uma pessoa de sonhos, projectos e estás sempre a pensar no que é melhor para ti. Este ano começaste com uma notícia menos boa e sei como o mundo te caiu em cima quando ouviste o teu cirurgião dizer que ainda não te podia operar porque pelos vistos os teus ossos continuam a crescer. É raro, mas acontece e logo por azar, aconteceu-te a ti. Mas não desanimaste. No momento em que estou a escrever esta carta, torço para que sejas operada ainda em 2017.

Espero que até aos 30 anos consigas concretizar alguns dos teus projectos e refiro-me principalmente ao curso que tanto queres fazer embora ainda estejas indecisa no local mas com certeza que vais fazer uma óptima escolha. Seja onde for, irá decerto marcar uma enorme mudança na tua vida. Desejo-te muito boa sorte!

Até aos 30 sei bem que pretendes viajar e acrescentar mais uns destinos ao teu passaporte mas também sei que também sabes definir prioridades e este ano é um daqueles anos em que tens de ser mais controlada para conseguir alcançar outros objectivos que estipulaste, não é? A vida é assim, muitas vezes temos de fazer em sacrifícios e tu és capaz de ultrapassar isso sei dificuldade.

Cátia, espero que continues rodeada com aqueles que te são importantes e que no trigésimo aniversário estejam todos juntos a festejar mais um ano de saúde, conquistas e felicidade. Até lá, que seja sempre assim.

Um beijo.

bordéus || a cidade do vinho e futurista


A minha viagem a Bordéus foi super curta. Dois dias e uma noite mas mesmo assim, foi das viagens em que fui mais feliz.

A manhã de Domingo acordou chuvosa. Numa situação normal, talvez preferisse ficar no quarto mas quando estou a viagem eu não me importo de andar à chuva. Fiz o check-out, deixei a bagagem guardada no hotel e apanhei o tram, com destino à Cité du Vin. A parte boa de andar de tram é que conseguimos conhecer toda a cidade porque é um transporte que passa no meio da cidade a uma velocidade reduzida o que nos possibilita apreciar todos os locais por onde passamos.

bordéus || uma óptima surpresa


A minha viagem a Bordéus não está na lista daquelas viagens que eu dizia e digo "vou, porque quero conhecer". Bordéus foi a cidade escolhida para poder assistir ao concerto do meu cantor preferido - M. Pokora (francês). Assim que soube a calendário da tour dele até ao mês de Junho, olhei para as datas, comprei os bilhetes de avião e do concerto. Tudo isto com um ano de antecedência. Arrisquei, porque um ano é muito tempo e eu estou um pouco embruxada quanto às viagens que faço, mas felizmente correu tudo bem.

dublin || edifícios bonitos


A cidade de Dublin é composta por edifícios e mais edifícios. Uns mais bonitos que outros, uns com mais história do que outros. Aquilo que mais gostei foi encontrar castelos e igrejas de uma construção estupenda misturados com edifícios comerciais e habitacionais.

A Catedral da Santíssima Trindade é a mais antiga catedral medieval de Dublin e é simplesmente enorme. Uma parte chata de Dublin é que praticamente tudo lá é pago, mesmo até a Catedral. Ora, alguém que vai com um budget apertado, não pode pagar para entrar. Tenho pena porque gostava imenso de conhecer o seu interior. Se a cidade de Dublin é pobre em jardins, foi nesta Catedral onde consegui ver alguns espaços verdes, embora pequenos.

A Catedral estende-se de uma rua para a outra e dá ligação para o Dublinia - museu dos Vikings e da Idade Medieval. Quanto cheguei ao museu ele já tinha fechado mas depois não tive a oportunidade de lá voltar outra vez. Acabei por seguir o meu passeio.

dublin || a primeira impressão


A minha viagem a Dublin não estava planeada para ser feita em 2016. Na verdade, não é uma cidade que me cativasse muito a minha atenção mas depois de ter ganho um bilhete de ida e volta com a Aer Lingus que tinha de utilizar até 31 de Dezembro de 2016, não tive outra hipótese de que arranjar uma data para marcar os voos (olhem só a chatice).

Fiquei alojada em Dublin de 01 a 05 de Agosto num hostel do qual guardo boas memórias, e guardei cerca de dia e meio para a capital. Devia ter tirado mais meio dia pois ficou a faltar-me a visita ao Museu Guiness e ao Dublinia.

momondo || bloggers open world awards 2017 » resultado


Não poderia estar mais contente. A votação online terminou e feitas as contas, o que o Meraki alcançou foi maravilhoso! Foi um crescimento gradual e bonito de se ver e tenho de agradecer a amigos, familiares e pessoal da internet (instagram e blogue) que se comprometeram a votar, que foram votando por iniciativa ou pelas lembranças que fui fazendo.

Vamos fazer uma análise muito rápida?
» Na categoria BLOG, onde o Meraki está inserido
          Em votação, estiverem 85 blogues nesta categoria. Estivemos cerca de duas semanas sem saber exactamente em que lugar estávamos mas assim que foi tudo colocado por ordem numérica, o blogue estava em 58º lugar. Saltei de alegria! Desde aí até ao final, fomos subindo aos poucos e poucos e alcançámos o 32º lugar. A meu ver, um resultado fantástico.

» No geral, juntamente com as restantes categorias
            No total, são 230 blogues. O Meraki terminou a votação em 87º lugar. Mais uma vez, um lugar muito bom.


Olhando para estes números, sinto-me feliz. Desde o início que encarei este concurso como um óptimo desafio pessoal e superou as minhas expectativas. No calendário da momondo, diz que a votação final terminou ontem e hoje começa a selecção final mas essa já é feita pelo júri. 

momondo || bloggers open world awards 2017 » último dia


E cá estou eu mais uma vez a chatear por causa do BLOGGERS OPEN WORLD AWARDS 2017. Hoje é o último dia de votações online e venho pedir a vossa ajuda uma última vez. Este desafio tem-me dado outro ânimo para continuar a partilhar com vocês as minhas viagens e melhorar a forma como chego até vocês.

Mais uma vez saliento que mesmo que tenham votado noutro dia, podem fazê-lo hoje e conto com a vossa ajuda. O blogue tem subido de lugar pouco a pouco e no lugar onde ele está neste momento é, para mim e para o blogue, uma grande conquista. Irei partilhar com vocês esse lugar depois da votação terminada.

É simples votar e só vos tira 2 segundos. Cliquem no link que está no início da publicação, coloquem o vosso nome e e-mail, aceitem as condições e enviem o vosso voto. Irá aparecer-vos um tick verde a dizer que o voto foi aceite. Fácil, não é?

Obrigada pela vossa ajuda!

momondo || bloggers open world awards 2017 » faltam 3 dias


Estamos a três dias da votação online do BLOGGERS OPEN WORLD AWARDS 2017, da momondo, terminar. Tenho sido bastante persistente e volta e meio relembro pelo meu facebook pessoal, facebook do Meraki e instagram que ainda podem votar. Um voto por dia. Não custa nada. Podem colocar sempre o mesmo nome e sempre o mesmo e-mail.

Conto com a vossa ajuda também. É mesmo muito importante para mim, e para o Meraki.
Entretanto, novidades aproximam-se *.*

momondo || bloggers open world awards 2017 » lembrete


Aos vossos olhos estou a ser chata mas aos meus estou a ser persistente. Tenho este objectivo de ir mais longe mas não o consigo fazer sem a vossa ajuda. Até posso não passar à fase seguinte mas ao menos estou a tentar chegar o mais longe possível.

Gostava muito que votasses no meu blogue para o BLOGGERS OPEN WORLD AWARDS 2017. E se votaste ontem ou no outro dia, podes fazê-lo hoje, amanhã e até dia 30 de Abril. Ou seja, podes votar uma vez por dia até ao fim do mês.

Uma parte engraçada deste concurso é que não temos acesso ao número de votos que cada blogue já tem e isso deixa-me um bocado na expectativa. Estou mesmo a contar com a vossa ajuda e para além do vosso voto, peço-vos que partilhem esta publicação no vosso blogue ou então que partilhem uma das publicações que tenho feito no facebook com o link directo para votação.

Obrigada mundo blogosférico <3

irritações do luis pedro nunes e a minha cidade

[fotografia retirada do facebook Viseu Marca]

As irritações de Luís Pedro Nunes já deram imenso que falar e eu não posso deixar de dar a minha opinião, até porque estamos a falar da minha cidade: Viseu.

Não sei se já viram um pequeno vídeo de três minutos que corre pelo facebook em que Luís Pedro Nunes partilha a sua maior irritação dos últimos quine dias. Pois que ele diz que foi a várias cidades europeias pois cada uma tem o seu encanto e o seu segredo mas descobre agora que existe uma cidade portuguesa que afinal tem tudo isso. "Oh diabo", como diz ele.

um dia vou sair da minha zona de conforto


Há uns dias quando estava a ver scroll pelo facebook, reparei nesta partilha que me chamou bastante à atenção.

Ao olhar para aquelas imagens e depois de "cuscar" um pouco as páginas de instagram de cada uma e a juntar às que já sigo, senti uma enorme vontade de fazer isto. Criar uma casa dentro de uma van e fazer-me à estrada. Fazer isto está totalmente fora da minha zona de conforto e fazê-lo sozinha está fora de questão mas que gostava de fazer isto, sim, gostava.

Acredito cada vez mais que é a abraçar aventuras assim que acabamos por descobrir verdadeiramente aquilo que nós somos. Além disso, numa vida em que estamos habituados a viver com tanto e ainda assim achamos que é pouco, viver desta forma iria ajudar-nos a dar importância ao que realmente merece a nossa atenção.

E vocês, eram capazes?

momondo || bloggers open world awards 2017 » votação


O Meraki está em fase de votação no Bloggers Open World Awards 2017.

É com felicidade que faço scroll e encontro o meu blogue ali exposto no meio de tantos outros blogues de viagens. Conto com a vossa ajuda a partilhar o link de votação directa. Não se esqueçam de votarem também. Vamos lá?

O link directo é este - Votar no Meraki

condado de clare || cliffs of moher & o'brien tower


Foi nos Cliffs of Moher que testei o meu peso. Quando marquei a viagem a Dublin uma das minhas paragens obrigatórias era Cliffs of Moher e não poderia ter gostado mais. São oito quilómetros e o ponto mais alto mede 214 metro de altura graça à Torre de O'Brien. Num dia com céu limpo é possível ver as ilhas de Aran e as colinas de Connemara. Infelizmente apanhei um dia cinzento (como praticamente todos os dias) e não se via nada.

Ao longo dos Cliffs há um caminho devidamente seguro para podermos ir a várias pontos e ter várias perspectivas. Foi a meio desse trajecto que quase tinha a sensação de voar. Havia uma zona onde havia enorme corrente de ar que tornava bastante difícil a tarefa de caminhar e ter os olhos abertos. Mas eu e mitos outros turistas, lá conseguimos avançar. Depois tivemos de encarar a fera outra vez no regresso. O meu cabelo saiu de lá todo eriçado, pastoso mas muito mais encaracolado.

Quando cheguei à Torre de O'Brien, havia outro espaço onde qualquer pessoa que se metesse lá voava se não fizesse força para se segurar. Acreditem que é uma sensação brutal mas é no cimo da Torre - pagam 2€ para entrarem - subirem meia dúzia de escadas, e terem uma sensação de vento por todo o lado, cabelos por todo o lado e ouvidos a doer.

Tenho fotografias maravilhosas e tenho alguns vídeos que mostram bem a força do vento. Lembro-me de ter partilhado um no instagram, aqui. Uma experiência estupenda.