esoterismo


A primeira vez que tive contacto directo com o Esoterismo foi há cerca de 4/5 anos. Houve uma certa altura da minha vida que quando as coisas pareciam que estavam a andar bem, de repente tudo corre mal: fiquei doente, andava sempre a bocejar mas não tinha sono, sentia-me bastante em baixo e sem qualquer auto-estima. Andei assim umas semanas até que a minha mãe disse "eu cá acho que foste vítima de mau-olhado!".

Eu olhei para ela muito desconfiada e ela continua "vou ligar a uma tia minha que faz umas rezas para isso e vais ver que te sentes melhor." A minha mãe lá ligou à tia e o certo é que, uns dias depois eu já me sentia melhor, sentia-me "eu". Até pode ter sido coincidências mas parece que a tia da minha mãe é mesmo entendida no assunto e disse que eu estava com imenso mau-olhado e teve de fazer rezas durante dois dias.

Esta minha experiência fez-me ter em consideração que o facto de eu nestas últimas semanas andar em baixo, doente, angustiada, cansada e tudo o que há de negativo tinha a ver, outra vez, com o mau-olhado. Desta vez fui eu que disse à minha mãe para ligar à tia dela. Depois de quatro rezas feitas na mesma noite, a tia da minha mãe ligou cá para casa uns dias a seguir a perguntar como é que eu me sentia. A verdade é que, para quem estava muito doente melhorei bastante depressa.

Ela disse que estava, mais uma vez, cheia de mau-olhado e pelo sim pelo não fez mais rezas do que o costume para eu ficar totalmente livre. Disse também que eu já devia andar assim há muito tempo porque estava mesmo complicado eliminar o mau-olhado. Parece que quando se dorme com mau-olhado, essa energia negativa torna-se mais forte e mais difícil se torna eliminar essa energia.

Acredito que estejam a ler isto a pensar que eu sou maluca mas eu realmente acredito nisto. Antes até podia ser um pouco céptica quanto a este tema mas depois da primeira vez e agora com esta, acredito mesmo no poder das energias.

5 comentários :

Cris Duarte disse...

Sempre fui muito céptica em relação a isso, mas cada vez acredito mais nas energias, positivas e negativas! E que dependendo do nosso estado de espírito e fragilidade, pode realmente influenciar a nossa vida...

Carolina. disse...

Não acredito nessas coisas (:

Melvin disse...

Não penso muito sobre o assunto, mas acredito neste tipo de coisas.

Stresseacidade disse...

Como dizem os Nuestros hermanos: " Yo no lo creo, pero que las hay, hay! "

Stresseacidade disse...

Como dizem os Nuestros hermanos: " Yo no lo creo, pero que las hay, hay! "